Arquivo mensal: julho de 2018


Já ouviu falar da MORINGA?

A moringa é uma árvore que deveria se tornar conhecida mundialmente imediatamente. Se este conhecimento for disseminado e compreendido na sua totalidade, dificilmente não encontraremos pelo menos uma muda desta planta na casa de todas as pessoas que buscam uma alimentação mais nutritiva no seu dia a dia. Hoje mesmo tendo conhecimento dos benefícios de cada alimento, dificilmente encontramos neles o valor nutritivo em sua totalidade. Os solos encontram tão infestados de diversas substâncias químicas tidas como necessárias para um bom cultivo agrícola, que todo mundo parece ter se esquecido dos malefícios e das consequências de ter um alimento extraído daquele local. A única solução seria se cada um pudesse ter acesso a alimentos plantados em uma propriedade que houvesse a supervisão de pessoas que compreendessem a seriedade deste assunto e que não cooperassem com este esquema global de desnutrir toda a população em prol do lucro excessivo que é exigido no sistema capitalista. Como nos dias atuais esta realidade se torna quase inexistente, a solução temporária seria aumentar o valor nutricional que ingerimos com este super alimento chamado Moringa. Ela é capaz de resolver no mundo a fome, a desnutrição e a miséria.    A Moringa Oleífera, entre todas as demais árvores, ou plantas de nosso planeta, é considerada um Tesouro Vegetal. Veja suas propriedades: São 92 nutrientes, 47 antioxidantes, 36 anti-inflamatórios e 19 aminoácidos. 27% de proteína a mais do que qualquer carne, superando leite, ovos, peixe, e principalmente a carne de boi. Contém todos os aminoácidos essenciais […]


Qual o azeite ideal

Que o azeite faz bem à saúde todos já sabem, porém, a cada dia que passa aumenta a variedade de tipos de azeite que são vendidos nas prateleiras dos supermercados. Porém, qual realmente é o mais adequado para o nosso consumo? Quais detalhes eu devo me atentar e que vão fazer toda a diferença na hora da minha compra? Detalhes que você deve se atentar: A primeira opção a ser descartada são os azeites que estejam em embalagem de vidro transparente. Como a luz atinge-os com facilidade, a gordura boa sofre uma oxidação. Fique longe das embalagem de lata, pois aquele metal possui algumas toxinas             (conhecidas como xenobióticos), que são facilmente atraídas pelo azeite que está dentro do recipiente tornando-os tóxicos. Lembre-se: toda química é solúvel em gordura boa. Especificações corretas de um azeite ideal a ser consumido: Procure por recipientes de vidro escuro. Este detalhe impede que a luz entre em contato           com o produto. Outro fator que deve ser ressaltado e que você deve ter como hábito, é o de ler os           ingredientes que constam no rótulo. Pois, para os fabricantes economizarem no processo de fabricação do produto e lucrarem ainda mais nas vendas, várias empresas estão misturando outros tipos de óleos junto aos azeites. Um óleo que é muito comum encontrarmos na lista de ingredientes, é o óleo de soja. Então, se você não tem o costume de ler estes detalhes, possivelmente […]


Réplica de Saqqara no Brasil

O que teria levado as antigas grandes civilizações ao redor do planeta construírem pirâmides? que conhecimento eles possuíam para erguerem esses monstruosos monumentos? seriam para fins ritualísticos ou tinham um propósitos ainda desconhecido por nós? Pesquisas recentes mostram que essas construções foram feitas em locais específicos e escolhidos com precisão matemática levando em consideração a malha eletromagnética terrestre. Partindo de diversas pesquisas teóricas e em campo através de expedições, um grupo brasileiro de pesquisadores sediado em Corguinho no Mato Grosso do Sul dedica-se a comprovar cientificamente a utilização das pirâmides no campo quântico. A equipe de pesquisa do Centro Tecnológico Zigurats (CTZ) coletou ao longo dos últimos 18 anos diversas informações e dados nas construções escalonadas e piramidais ao redor do mundo e também em geoglifos cifrados, o que levou a concluir que todas as grandes civilizações usaram essas construções para a geração de energia, sendo a principal delas a energia taquiônica. Para poder comprovar cientificamente, o grupo projetou e construiu uma réplica em escala menor da pirâmide de Saqqara do Egito. Em fase final de acabamento, a réplica também foi construída em um importante ponto nevrálgico da malha eletromagnética da Terra, localizado na Cidade Zigurats em Corguinho. O objetivo desse projeto, segundo seu responsável, Urandir Fernandes de Oliveira, é comprovar na prática o que hoje é apenas teoria sobre a teoria das cordas e a energia taquiônica, comprovando cientificamente que a energia taquiônica é neutra, composta por pares de partículas com cargas elétricas opostas que se anulam e equilibram, […]


Fundamentos da Natureza

Os Fundamentos da Natureza são fragmentos da Ciência Lilarial. São compostos de sete pilares básicos (que não devem ser confundidos com as 7 forças físicas) São Eles: Magnetismo Densidade Pressão Luz Onda Moduladora Positiva Onda Moduladora Negativa Tempo Zero ou Tempo do Não Tempo ou Ondas Moduladoras Neutras Sendo o Magnetismo, a Densidade e a Pressão, forças já conhecidas pela ciência tradicional, e que fazem parte das sete Forças Físicas que regem o planeta terra, que são: Magnetismo, Densidade, Pressão, Campo Magnético, Força escalar, Força Forte e Força Fraca. Importante salientar que as Sete Forças Físicas são derivadas dos Fundamentos da Natureza, e parte delas ainda são desconhecidas pela ciência tradicional. A força Modular Positiva, Negativa e Neutra (Tempo Zero) compõe a energia primária de criação, que tem comportamento ondulatório. Essas forças são estudadas pela ciência lilarial, e permeiam tudo o que existe. A Luz é uma frequência de uma onda e também possui comportamento ondulatório. O MDPL (Magnetismo-Densidade-Pressão-Luz) é parte dos fundamentos da natureza intensificados seletivamente em um período determinado de tempo. Os Fundamentos da Natureza também são responsáveis por determinar a trajetória dos corpos celestes no tecido cósmico (Dança dos Corpos) e também pelo Giro da Galáxia (movimento espiral). Os Fundamentos da Natureza geram padrões. Cada padrão segue uma lei própria, que pode ou não ser influenciada por outras leis, alterando assim o padrão original. Cada padrão, mesmo sendo influenciado por outro, tende sempre a voltar ao seu padrão inicial (primário). No Planeta Terra podemos observar esses padrões em […]


Urandir - tempestade no sol_grande

Forte tempestade solar chega à Terra

Uma forte tempestade solar deve atingir a Terra nesta quinta-feira (08), com potencial para afetar redes elétricas, satélites de navegação GPS e rotas de aviões.A tempestade – a mais forte dos últimos cinco anos – vai liberar uma grande carga de partículas, segundo especialistas em meteorologia dos Estados Unidos. De acordo com eles, a tempestade foi provocada por grandes explosões que ocorreram no começo da semana. O efeito maior será sentido nos polos do planeta e com certeza deveráo ocorrer autoras. Aviões que passam por essas regiões precisarão desviar suas rotas. As pa rtículas solares chegam à Terra a 6,4 milhões de quilômetros por hora, segundo o centro meteorológico americano US National Oceanic and Atmospheric Administration (Noaa, na sigla em inglês). Imagens das regiões do Sol onde as explosões ocorreram revelam uma complexa rede de manchas, indicando que há quantidades enormes de energia magnética. Outras tempestades magnéticas foram observadas nas últimas décadas. Uma explosão solar enorme, em 1972, paralisou as linhas telefônicas do Estado americano de Illinois. A emissão de massa coronal teve nível KP6, considerado moderado, seguidos de outras quatro com mível KP5, também moderado. Os cientistas dizem que a tempestade solar, que começou no início da semana, está crescendo à medida que se afasta do sol, expandindo-se como uma bolha de sabão gigante. Quando ela atacar na manhã desta quinta-feira, as partículas irão se mover em 4 milhões de quilômetros por hora. – Vai nos bater bem no nariz – disse Joe Kunches, um cientista da Administração Nacional […]


Dakila Lança Documentário Comprovando o Real Formato da Terra

Questionamentos sobre o formato da Terra são recorrentes na história da humanidade. Em função de uma série de fenômenos naturais que contradizem os ensinamentos acadêmicos, cientistas brasileiros do Dakila Pesquisas decidiram investigar essas inconsistências. Em sete anos de estudos, foram realizados experimentos científicos, em diferentes pontos no mundo, com acompanhamento de instituição governamental e de profissionais de vários segmentos. Os resultados estão apresentados no longa-metragem Terra Convexa – O Documentário. A pré-estreia, para convidados, ocorreu no dia 26 de março, às 19h30, no cinema do Shopping Eldorado, em São Paulo (SP). Três dias depois, o documentário foi lançado no site terraconvexa.com.br em português, inglês e espanhol. Segundo Urandir Fernandes de Oliveira, fundador de Dakila Pesquisas, a tese de que a Terra é redonda foi derrubada por sete experimentos: geodésico, que consiste em medir dois prédios com ampla distância, tendo como referência o nível do mar; experimento a laser para verificar a planicidade das águas; nivelamento das águas; Distorções óticas relacionadas a processos reflexivos; experimento de barcos na linha do horizonte; experimentos da gravidade e dos corpos celestes. Para realizar o experimento geodésico foram medidas a base e o topo de um prédio em Torres (RS) e em Natal (RN). Engenheiros do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) participaram da ação. Um laser de longo alcance foi usado para medir a planicidade das águas na Represa de Três Marias (MG); na Lagoa dos Patos (RS), no Lago Titicaca, no Peru; e nos mares de Ilhabela (SP) e do estreito […]


Piramide é Construída Para Estudo de Física Quântica

O que teria levado as antigas grandes civilizações ao redor do planeta construirem pirâmides? que conhecimento eles possuíam para erguerem esses monstruosos monumentos? seriam para fins ritualísticos ou tinham um propósitos ainda desconhecido por nós? Pesquisas recentes mostram que essas construções foram feitas em locais específicos e escolhidos com precisão matemática levando em consideração a malha eletromagnética terrestre. Partindo de diversas pesquisas teóricas e em campo através de expedições, um grupo brasileiro de pesquisadores sediado em Corguinho no Mato Grosso do Sul dedica-se a comprovar cientificamente a utilização das pirâmides no campo quântico. A equipe de pesquisa do Centro Tecnológico Zigurats (CTZ) coletou ao longo dos últimos 18 anos diversas informações e dados nas construções escalonadas e piramidais ao redor do mundo e também em geoglifos cifrados, o que levou a concluir que todas as grandes civilizações usaram essas construções para a geração de energia, sendo a principal delas a energia taquiônica. Para poder comprovar cientificamente, o grupo projetou e construiu uma réplica em escala menor da pirâmide de Saqqara do Egito. Em fase final de acabamento, a réplica também foi construída em um importante ponto nevrálgico da malha eletromagnética da Terra, localizado na Cidade Zigurats em Corguinho. O objetivo desse projeto, segundo seu responsável, Urandir Fernandes de Oliveira, é comprovar na prática o que hoje é apenas teoria sobre a teoria das cordas e a energia taquiônica, comprovando cientificamente que a energia taquiônica é neutra, composta por pares de partículas com cargas elétricas opostas que se anulam e equilibram, […]


Ciência Lilarial e os Fundamentos da Natureza

Os Fundamentos da Natureza são fragmentos da Ciência Lilarial. São compostos de sete pilares básicos (que não devem ser confundidos com as 7 forças físicas) São Eles: Magnetismo Densidade Pressão Luz Onda Moduladora Positiva Onda Moduladora Negativa Tempo Zero ou Tempo do Não Tempo ou Ondas Moduladoras Neutras Sendo o Magnetismo, a Densidade e a Pressão, forças já conhecidas pela ciência tradicional, e que fazem parte das sete Forças Físicas que regem o planeta terra, que são: Magnetismo, Densidade, Pressão, Campo Magnético, Força escalar, Força Forte e Força Fraca. Importante salientar que as Sete Forças Físicas são derivadas dos Fundamentos da Natureza, e parte delas ainda são desconhecidas pela ciência tradicional. A força Modular Positiva, Negativa e Neutra (Tempo Zero) compõe a energia primária de criação, que tem comportamento ondulatório. Essas forças são estudadas pela ciência lilarial, e permeiam tudo o que existe. A Luz é uma frequência de uma onda e também possui comportamento ondulatório. O MDPL (Magnetismo-Densidade-Pressão-Luz) é parte dos fundamentos da natureza intensificados seletivamente em um período determinado de tempo. Os Fundamentos da Natureza também são responsáveis por determinar a trajetória dos corpos celestes no tecido cósmico (Dança dos Corpos) e também pelo Giro da Galáxia (movimento espiral). Os Fundamentos da Natureza geram padrões. Cada padrão segue uma lei própria, que pode ou não ser influenciada por outras leis, alterando assim o padrão original. Cada padrão, mesmo sendo influenciado por outro, tende sempre a voltar ao seu padrão inicial (primário). No Planeta Terra podemos observar esses padrões […]


Neutrinos podem ter viajado mais rápido que a luz

Quando, há poucos mais de um ano, cientistas do experimento Opera detectaram neutrinos transmutando-se de um tipo em outro, eles logo falaram da descoberta de uma “nova física”. E eles aparentemente já tinham nas mãos outros resultados ainda mais surpreendentes. Depois de dois anos de medições, e inúmeras revisões e checagens, eles finalmente resolveram compartilhar sua possível descoberta com outros pesquisadores. Segundo Antonio Ereditato, da Universidade de Berna, na Suíça, a equipe aparentemente detectou neutrinos viajando mais rápido do que a velocidade da luz.   Quebra da relatividade? Se neutrinos podem viajar mais rápido do que a velocidade da luz, então o preceito fundamental de que as leis da física são as mesmas para todos os observadores cai por terra.  A ideia de que nada pode viajar mais rapidamente do que a luz é um pilar da teoria da relatividade especial, formulada por Einstein. E esta teoria está na base de toda a física moderna. Isto sim, pode apontar para uma “nova física” – desde que os outros pesquisadores não encontrem erros no experimento e nas análises. “Nós tentamos por todos os meios descobrir um erro – erros triviais, erros mais complicados, efeitos impensáveis – mas não conseguimos encontrar nenhum,” disse Ereditato. Depois de tantos cuidados, ele e sua equipe afirmam ter alcançado um nível seis sigma, que indicaria uma descoberta científica realmente válida. Tudo vai depender do escrutínio que será feito nos dados por equipes de físicos do mundo todo. “Dadas as potenciais consequências de longo alcance desse resultado, medições independentes serão necessárias […]

Urandir ufo - neutinos podem viajar mais rapido que velocidade da luz

urandir ufo chuva de meteoros

Nasa avisa sobre chuva de meteoros em cima da hora

 Fonte: site da Nasa Science News Em oito de outubro a Terra deverá ser bombardeada por um fluxo de poeira oriunda do cometa 21P Giacobini-Zinner. “Estamos prevendo que cerca de 750 meteoros por hora”, diz Bill Cooke do escritório ambiental de meteoritos da NASA. Segundo ele, as regiões que poderão ser mais afetadas se localizam  no Oriente Médio, norte de África, partes da Europa e Estados Unidos.” O cometa 21P/Giacobini-Zinner foi fotografado em novembro 1998  por astrônomos em Kitt Peak.  Cada 6,6 anos  o Cometa Giacobini-Zinner  oscila através do sistema solar interno. A cada visita, ele estabelece um filamento estreito de poeira, que com o tempo forma uma rede de filamentos que a Terra encontra todos os anos no início de outubro. “Na maioria dos anos, passamos por espaços entre os filamentos, talvez apenas um ou dois passam por nós”, diz Cooke. “Ocasionalmente, porém, pode acontecer algo semelhante a fogos de artifício.” O ano de 2011 poderá ser um  desses momentos em que ocorrem  bombardeios de meteoros. Os meteorologistas da Nasa e de outras instituições concordam que a Terra está indo de encontro aos filamentos do cometa no próximo  dia oito. Múltiplos encontros devem produzir uma série de explosões variáveis  por volta de 16h00 hora universal (meio-dia EDT) com a maior atividade entre 19h00 e 21h00 UT (15h00 – 17h00 EDT). Os meteorologistas não têm certeza o quão forte a exibição será, principalmente porque o cometa teve um encontro com Júpiter no final de 1880. Naquele tempo, a atração gravitacional […]