Category Archives : Pesquisas


Urandir alerta que Tempestade solar é maior do que o esperado

Conforme já previsto pelos pesuisadores Urandir e grupo Projeto Portal, em referência aos acontecimentos previstos para a humanidade nos próximos anos, de acordo com informações trasnmitidas diretamente por seus parceiros. Uma forte tempestade solar, que parecia se dissipar, atingiu a Terra em cheio na noite de quinta-feira dia 8 de março de 2012, tornando-se o evento geomagnético mais importante desde 2004. A descarga de partículas solares causaram poucos incômodos na rede elétrica, mas obrigou algumas companhias aéreas a desviar rotas em torno dos pólos e gerou imagens impressionantes de aurora boreal em algumas partes do mundo. Inclusive a estação espacial internacional publicou através da NASA imagens de auroras boreais imensas ao redos dos polos. As interrupções de energia e problemas com os sistemas de navegação por satélite GPS, como eram esperados, naõ aconteceram. Porém o início da atividade solar intensa apenas está começandoe, segundo os pesquisadores se estenderá até 2014, se estendendo possivelmente até 2018 conforme informação dos estudiosos do Porjeto Portal Artigo publicado em 2012-03-18 15:18:25.

Projeto portal e urandir estudam atividade solar

Urandir UFO - raios gama detectados pelo telescopio Fermi

NASA: Telescópio Fermi encontra estrutura gigantesca em nossa galáxia

 Fonte: NASA Goddard Space Flight Center As recém descobertas  bolhas de raios gama se estendem por 50.000 anos-luz, ou aproximadamente metade do diâmetro da Via Láctea, de ponta a ponta. As bordas das bolhas foram primeiramente observadas em raios-X (azul) pelo satélite ROSAT, que caiu na superfície da Terra em 24 de setembro de 2011, uma missão operacional liderada pela Alemanha na década de 1990. Os raios  gamas foram  mapeadas pelo telescópio Fermi (na cor magenta)  se estendem muito além do plano da galáxia. A estrutura gigante dos raios-gama  foi descoberta por meio do processamento do Telescópio Fermi todo o céu da galáxia. A gigantesca bolha tem 1-10 bilhões de elétron volts. A estrutura emerge do centro galáctico e se estende a 50 graus norte e sul a partir do plano da Via Láctea, que mede o céu da constelação de Virgem à constelação de Grus. Quando um elétron se move perto da velocidade da luz  e atinge um fóton de baixa energia, a colisão diminui um pouco o elétron e aumenta a energia do fóton para o regime de raios gama. As bolhas exibem um espectro com energias mais altas do que o brilho de pico de raios gama difusos visto em todo o céu. Além disso, as bolhas mostram bordas afiadas em dados Fermi LAT. Ambas estas qualidades sugerem que a estrutura surgiu em um evento súbito e impulsivo, com um pulsar da galáxia. “O que vemos são dois raios gama emissores de bolhas que se estendem  a […]


Urandir Fernandes de Oliveira e Parceria do Projeto Portal com Exercito Brasileiro

Durante a segunda expedição à Amazônia o Projeto Portal recebeu apoio do Exército Brasileiro. Firmou-se então uma parceria nas pesquisas realizadas na floresta Amazônica. Na selva foram encontradas evidências de remotas civilizações e  antigíssimas marcas circulares atribuidas a pouso de objetos voadores na antiguidade. Urandir Fernandes de Oliveira participou comandando a equipe Zigurats do Projeto Portal. Fonte: http://www.urandirufo.com.br/ Artigo publicado em 2009-05-27 02:13:00.


Urandir ufo - artefatos 15 mil anos

Artefatos de 15 mil anos põe em dúvida teoria da colonização americana

Fonte: UOL  A descoberta no Texas (EUA) de um sítio arqueológico contendo milhares de vestígios de 15.500 anos atrás faz recuar em pelo menos 2 mil anos as estimativas de chegada dos primeiros ocupantes à América, além de colocar em dúvida a teoria atual sobre a colonização do continente. Uma corrente em vigor acredita que as primeiras tribos americanas fariam parte da cultura denominada Clóvis, com traços encontrados em vários pontos, a partir de 1932. Segundo esta hipótese controversa, os portadores desta cultura, caracterizada por uma técnica muito particular de entalhe de pontas de sílex de dois gumes, teriam vindo da Ásia há cerca de 13.500 anos através do Estreito de Bering, durante a Era do Gelo. Eles teriam, em seguida, se espalhado por todo o continente, até chegar à América do Sul. Nota da Redação do Projeto Portal: Cada dia que passa surge uma nova descoberta que coloca em cheque teorias já existentes, não só na área da antropologia, como a matéria publicada no site www.uol.com.br, mas também em toda a ciência. Será que a história da humanidade é bem diferente do que conhecemos até hoje? A exemplo da Terra Convexa em seus continentes, teoria proposta pelo ET Bilu que está em fase de testes para uma possível comprovação ou não, quem sabe logo não iremos nos deparar com uma versão totalmente nova sobre o povoamento de nosso planeta? A próxima revelação do ET Bilu, que ainda não tem data marcada, será sobre a origem do homem. O novo sítio […]


Expedição Equipe Zigurats – Peru Bolívia

A 5ª Expedição Brasil – Equipe Zigurats do Projeto Portal realizou pesquisa sobre as culturas dos países andinos durante nove dias no Peru e Bolívia, no período de 20 a 28 de setembro de 2011, com muito sucesso e atingindo seu objetivo, que foi traçar um paralelo entre essas civilizações em relação ao início da presença do homem na Terra e a interferência de outas inteligências neste processo. O estudo sobre o legado da legendária figura andina de Viracocha e seus auxiliares revelou surpresas no que se refere a referências sobre a participação de inteligências com conhecimentos superiores ao humano nas culturas pré-incas e incas, bem como indicou a participação de mulheres com conhecimento superior nestas mesmas civilizações, mostrando inclusive a existência de matriarcados. Além disso, os pesquisadores puderam conferir o uso de tecnologias antissísmicas nas ruínas dos  prédios de diferentes tipos de arquitetura nos sítios arqueológicos visitados, tanto nas culturas pré-incas como na dos incas, bem como formas de governo, ensino, agricultura com o cultivo e armazenamento de alimentos em terraços escalonados (se olhar pela vertical toma a forma de zigurats) nas montanhas, o que propiciava o equilíbrio do micro clima, saúde, etc. Outro fato marcante foi o mistério do transporte e o corte preciso nas enormes pedras colocadas em caminhos estreitos de montanhas altíssimas. Embora não ocorra uma chuva tropical há cem anos em algumas regiões do Peru, ocasionando desertos em várias áreas do país e desde 1970 não caia nenhuma chuva na região metropolitana de Lima, a […]


projeto portal e urandir estudam a mente humana

Como funciona a mente Humana: Os Níveis Mentais

A mente humana é uma faculdade sensorial da inteligência. Sua função é captar informações que são armazenadas nos neurônios cerebrais pelos outros sentidos normais do ser humano. Nossa mente tem condições de captar e imprimir qualquer tipo de informação em uma célula viva. Através de nossa vontade, temos condições de entrar em sintonia com qualquer centro cerebral e levar à consciência a informação que se encontra ali armazenada. De acordo com as freqüências das ondas cerebrais, os níveis mentais estão dentro de três grupos: Nível astral No nível astral, a mente atua no consciente interior, ou seja, limitada ao campo energético do corpo (aproximadamente 7 metros de circunferência em torno do corpo) e em freqüências muito lentas, em baixas vibrações: a freqüência cerebral varia de 0,1 a 8 ciclos por segundo. A atuação do cérebro nos níveis do plano astral é desenvolvida naturalmente e automaticamente. Por exemplo, as pessoas atuam no plano astral quando meditam, choram e durante a maior parte do tempo quando dormem. E fazem isso de forma natural e automática. Neste plano, ocorre a imaginação e a criação, mas não a realização com bastante intensidade ou rapidez. Ocorre autocura, por exemplo, mas com lentidão. Uma vez que as freqüências cerebrais diminuem, as energias e sua proteção também reduzem, tornando a mente e o corpo vulneráveis às energias negativas – o que não ocorre no nível mental. Além disso, o plano astral não favorece o desenvolvimento da paranormalidade e evolução mental, pois a mente precisa estar constantemente em […]


Futuro do Universo pode influenciar no presente?

Fonte: Site Inovação Tecnológica Uma reformulação radical da mecânica quântica sugere que o Universo tem um destino definido, e que esse destino já traçado volta no tempo para influenciar o passado, ou o presente.É uma afirmação alucinante, mas alguns cosmólogos já acreditam que uma reformulação radical da mecânica quântica, na qual o futuro pode afetar o passado, poderia resolver alguns dos maiores mistérios do universo, incluindo a forma como a vida surgiu. E, além da origem da vida, poderia ainda explicar a fonte da energia escura e resolver outros enigmas cósmicos.O que é mais impressionante é que os pesquisadores afirmam que recentes experimentos de laboratório confirmam de forma dramática os conceitos que servem de base para esta reformulação.Recentemente, cientistas descobriram uma conexão surpreendente entre fenômenos quânticos. Nota da Redação do Projeto Portal: Mais bizarro ainda será quando todos descobrirem que passado-presente-futuro estão interligados e que suas informações podem ser acessadas poir intermédio de tecnologia,indo muito além do que podemos admitir hoje. Mas essa descoberta mostra que as pesquisas realizadas pelo Projeto Portal fluem no caminho certo, sendo que mais uma vez a ciência progressista e sem fronteiras comprova parte das experiências realizadas pelos pesquisadores do Projeto Portal. Ordem oculta na incerteza O cosmólogo Paul Davies, da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, está iniciando um projeto para investigar que influência o futuro pode estar tendo no presente, com a ajuda do Instituto FQXi, uma entidade sem fins lucrativos cuja proposta é discutir as questões fundamentais da física e do Universo. […]

Urandir ufo o futuro do universo pode influenciar no presente

Neve no Saara projeto portal urandir

Tempestade de Neve no Deserto

 Situações inusitadas em termos de clima têm ocorrido ultimamente no planeta. Uma delas se refere a tempestade de neve em pleno deserto na Arábia Saudita e mais incrível ainda, a neve também caiu no deserto do Saara, no oeste da Argélia e não foi a primeira vez que isso ocorreu nos últimos anos. No Deserto do Saara, a neve caiu na terça-feira na terça-feira, dia 17 de janeiro. Uma mudança na temperatura trouxe uma frente fria que durou 24 horas com o vento soprando e a neve caiu em estradas e edifícios na província de Bechar, no oeste da Argélia, que se localizada no norte do Saara, a cerca de 36 km ao sul da fronteira marroquina. Já na Arábia Saudita o fato ocorreu no dia 24 janeiro, quando uma tempestade de neve sem precedente para esta época do ano caiu na zona montanhosa de Assyr, Sul da Arábia Saudita, bloqueando as estradas e deixando 75 feridos. O jornal Al-Madina informou que a polícia, a defesa civil e os serviços médicos de emergência socorreram milhares de pessoas que visitavam o parque nacional de Assyr, o mais alto do reino, com 2.910 metros de altura. Uma tempestade de neve é algo inédito na Arábia Saudita nesta época do ano, onde os termômetros costumam indicar até 50 graus positivos. Tempestades de neve em pleno deserto e em países com temperaturas elevadas são difíceis de acontecer. Pesquisando, constatamos que nevou apenas uma única vez no deserto do Saara (agora são duas vezes, com […]


O Paranormal Urandir Oliveira – UFO

Paranormal e contatado Urandir Fernandes de Oliveira, fundador do Projeto portal, uma associação composta por milhares de membros que buscam a evolução mental e efetuam pesquisas em diversas áreas do conhecimento como geologia, biologia, geografia, paleontologia, história, tecnologia, física, química entre outros. Os pesquisadores do Projeto Portal buscam também explicar fenômenos desconhecidos muitas vezes atribuidos à ufologia. Fonte: http://www.paranormalurandir.com.br/ Artigo publicado em 2009-05-27 02:04:00.


Urandir  ufo - atomo é aprisionado pela primeira vez

Sonho de Einstein realizado: Fótom é aprisionado

Fonte: Redação do Site Inovação Tecnológica Uma equipe de pesquisadores europeus conseguiu pela primeira vez estabilizar um estado quântico de forma constante. Este foi um sonho várias vezes manifestado por Albert Einstein, que afirmava que se contentaria em observar um fóton preso por um segundo – Einstein não se dava muito bem com as predições pouco usuais da mecânica quântica, que ele nunca aceitou por completo. Clément Sayrin e seus colegas do Laboratório Kastler Brossel, na França, fizeram bem mais do que isso: eles mantiveram um número constante de fótons aprisionados dentro de uma cavidade de micro-ondas “de forma permanente”, segundo relataram em um artigo publicado na revista Nature. Caixa de fótons Essa caixa de fótons é uma cavidade de ressonância formada por dois espelhos supercondutores, onde os fótons ficam presos de forma contínua, sem precisar que eles sejam continuamente transferidos de uma armadilha para outra. Normalmente um fóton, a unidade básica da luz, somente pode ser observado quando ele desaparece. Por exemplo, quando atinge as células fotorreceptoras do nosso olho, o fóton deixa de existir e sua “informação” é traduzida na forma de um impulso elétrico que nos dá consciência de sua finada existência. Seu aprisionamento – ou estabilização, como chamam os físicos – permite que eles sejam estudados de forma direta, eventualmente sem serem afetados, algo que passou a ser cogitado há pouco tempo com a chamada “medição fraca”. Fronteira quântica-clássica Fótons e outras partículas subatômicas obedecem às regras da mecânica quântica, um tanto esquisita em relação à […]


A Rotação da Terra é medida pela primeira vez!

Fonte: Inovação Tecnológica  Um grupo com pesquisadores da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, tornou-se a primeira equipe do mundo a detectar mudanças no eixo da Terra através de medições em laboratório. Até hoje, os cientistas somente conseguiam rastrear as mudanças no eixo polar indiretamente, monitorando corpos celestes “fixos” no espaço com a ajuda de 30 radiotelescópios. Para fazer uma medição direta, eles construíram o anel de laser mais estável do mundo, dentro de um laboratório subterrâneo, e o utilizaram para determinar as alterações na rotação da Terra. Balanço de Chandler A Terra oscila constantemente. Tal como um pião que é tocado enquanto gira, seu eixo de rotação oscila em relação ao espaço. Isto é em parte causado pela gravidade do Sol e da Lua. Ao mesmo tempo, o eixo de rotação da Terra muda constantemente em relação à superfície da Terra. Por um lado, isso é causado pela variação na pressão atmosférica, no movimento dos oceanos e no vento. Esses elementos se combinam em um efeito conhecido como oscilação de Chandler, ou balanço de Chandler, para criar o movimento polar. Levando o nome do cientista que o descobriu, esse fenômeno tem um período de cerca de 435 dias. Por outro lado, um evento conhecido como o “balanço anual” faz com que o eixo de rotação mova-se ao longo de um período de um ano. Isto se deve à órbita elíptica da Terra em torno do Sol. Estes dois efeitos fazem com que o eixo da Terra migre de forma irregular […]

Urandir ufo - medida da rotacao terrestre é feita pela primeira vez

Urandir ufo - estoque de alimentos

Armazenar alimentos pode ser solução para sobrevivencia

Há mais de seis anos que os pesquisadores do Projeto Portal, através de seus parceiros de outras galáxias, entre eles o ET Bilu, vêm alertando à população sobre os desastres naturais que estão ocorrendo em diversos pontos da Terra. O alerta é no sentido das pessoas se precaverem e manter em suas casas suprimentos de alimentos, medicamentos, água para o caso de alguma eventualidade nesse sentido. O Projeto Portal não acredita no final do mundo em 2012, conforme algumas linhas de pensamento apregoam, mas considera viável a ocorrência de fenômenos naturais que possam causar danos e doenças, através da destruição proporcionada por vendavais, terremotos, vulcões, enchentes, incêndios, partículas cósmicas e até a atividade solar mais ou menos intensa, já que ambas afetam nosso planeta de alguma forma. Até então muitos pouco se importavam com essa informação, alegando que não havia nada de científico que comprovasse essas situações. No entanto, aqui mesmo no Brasil têm ocorrido situações que necessitam de reflexão sobre a necessidade das pessoas manterem mantimentos e medicamentos em suas residências. Um exemplo disso foram as enchentes e deslizamentos de terra ocorridas no Rio em janeiro de 2011. De repente, faltaram alimentos, medicamentos, água. Os supermercados das cidades serranas fluminenses também foram atingidos pela lama e sujeira e o socorro teve que vir de fora, porém o acesso às cidades em calamidade pública dificultou o envio de provimentos. Se pesquisar no Google, podemos verificar que a todo o momento ocorrem catástrofes climáticas e o Brasil não ficou fora disso. […]


Buscando Conhecimento – Eletromagnetismo

As inteligências de outros mundos das 49 raças parceiras do Projeto Portal, através do ET Bilu, sugeriram que os mais de 1.500 contatados e todos os demais integrantes estudassem diferentes matérias, de acordo com o direcionamento pelo grupo de cores, a saber: dourado, vermelho, azul e verde. Cada grupo de cor recebeu matérias diferentes para aprofundar o conhecimento. Algumas pessoas do Núcleo de BH promoveram uma aula básica sobre eletromagnetismo, que divulgamos aqui: Artigo publicado em 2012-03-01 09:31:49.


raio laser no monitoramento da atsmosfera - La Palma - Teenerife

Laser ajudará no monitoramento da atmosfera terrestre

Fonte: Site Inovação Tecnológica, com informações da ESA A agência espacial europeia (ESA) demonstrou a viabilidade de usar um raio laser para monitorar os gases com efeito estufa. O objetivo é usar o laser entre dois satélites no espaço. Para aferir a técnica, contudo, os experimentos foram feitos nas ilhas Canárias onde foram disparados feixes de laser de La Palma para Tenerife. Durante duas semanas, o céu noturno entre as duas ilhas iluminou-se de luz verde – o que parecia mais uma cena do filme Guerra das Estrelas do que uma experiência para compreender a atmosfera terrestre. Espectroscopia com infravermelho A experiência foi concebida para testar a técnica de “espectroscopia de absorção diferencial no infravermelho” para medições de grande precisão de gases como o dióxido de carbono e o metano. Esta técnica irá ligar dois satélites em órbita da Terra: um funcionará como transmissor e o outro como receptor. Enquanto o feixe viaja de um para o outro, a atmosfera é analisada. O Observatório del Roque de los Muchachos fez a transmissão dos dois feixes de laser, verde e infravermelhos, dirigidos para a estação de Tenerife. A técnica conhecida como “ocultação” baseia-se no acompanhamento de sinais de satélites à medida que estes surgem ou desaparecem no horizonte, e é um método bem estabelecido de estudo da atmosfera. Já a nova técnica usa lasers infravermelhos, em vez das micro-ondas usadas no método mais comum. No comprimento de onda certo, as moléculas da atmosfera alteram o feixe de laser. Esta informação pode ser […]


Meteoritos contêm componentes de DNA alienígena

 Fonte: Estadão O resultado da pesquisa ajuda a sustentar a teoria de que o ‘kit’ para a criação da vida da Terra veio pronto do espaço, entregue por colisões da Terra com cometas e meteorito. Pesquisadores da Nasa encontraram pistas de alguns dos elementos que formam o DNA em meteoritos vindos do espaço e puderam comprovar sua origem extraterrestre, segundo estudo divulgado pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences. O resultado da pesquisa ajuda a sustentar a teoria de que o “kit” para a criação da vida da Terra veio pronto do espaço, entregue por colisões da Terra com cometas e meteoritos. Nota da Redação Projeto Portal: Ao que tudo indica, o início da vida na Terra está totalmente desvinculado das teorias religiosas do criacionismo e da teoria evolucionista de Charles Darwin, que parte do princípio de que o homem é o resultado de um lento processo de alterações (mudanças). Esta é a idéia central da evolução: os seres vivos (vegetais e animais, incluindo os seres humanos) se originaram de seres mais simples, que foram se modificando ao longo do tempo. Aos poucos, a pesquisa científica verifica que a origem da vida na Terra é muito diferente do que foi estudado e pesquisado até hoje. Onde esses estudos vão desembocar ainda não sabemos, mesmo porque a origem do homem ainda permanece um mistério já que a conhecimento humano ainda não conseguiu localizar o elo  e a origem das espécies.Talvez informações de super humanos ou inteligências de outros planetas […]

Urandir ufo - meteoritos contem dna alienigena