Bilu o ET Brasileiro


O assunto extraterrestre ainda é considerado um mito. A Associação Projeto Portal há 15 anos tornou pública sua parceria com inteligências de outros mundos e o ponto alto dessa divulgação ocorreu há um ano, em outubro de 2010, quando emissoras de televisão fizeram reportagens na fazenda Projeto Portal sobre o ET Bilu, a maioria delas duvidando, questionando e ridicularizando aquilo que para cerca de 1.300 dos mais de três mil associados é uma realidade que também pode se tornar verdadeira para a população, faltando muito pouco para isso ocorrer.
Parte da ciência e até as religiões se dedicam a estudar vida extraterrestre, mas preferem esconder os resultados desse trabalho da grande massa, negando a existência desse fato ou mantendo o assunto em banho-maria, divulgando eventualmente a existência de alguma partícula ET espalhada por aí afora. E aplicam-se recursos humanos e materiais para se encontrar um som, um indicativo ET, quando na verdade eles estão mais próximos dos humanos do que imaginamos.
Aqueles que se dedicam à pesquisa ufológica são considerados utópicos, mentirosos ou aproveitadores, que se utilizam da crença popular para atingir seus objetivos, hipnotizando e sugestionando pessoas. Por causa disso são desqualificados e alguns setores da sociedade tentam abafar e ridicularizar essas pessoas que apesar dos percalços, prosseguem na atividade de pesquisa e divulgação.

A quem interessa manter o assunto extraterreste encerrado a sete chaves, como se fosse um tabu? O cinema aproveita-se disso e cria roteiros de ficção científica onde os ETs ou são figuras monstruosas e terríveis ou querem dominar e subjugar a Terra.

Mas será que é assim mesmo? A Associação Projeto Portal e as 49 raças parceiras entendem que não. Chegou a hora de todos saberem a verdade sobre esse tema tão polêmico, afirmando que os extraterrestres há milhares e milhares de anos visitam nosso planeta – a própria história de civilizações antigas apontam mistérios até hoje não respondidos, como no Egito, no Peru e Bolívia, na Europa, no Brasil e por aí afora – e que o desejo dessas inteligências é auxiliar os humanos a melhorar sua qualidade de vida e a saírem do torpor em que se encontram, revendo dogmas e paradigmas criados exatamente para manter a todos cegos sobre essa questão.

O ET Bilu mexeu com brasileiros e estrangeiros de uma maneira lúdica há um ano e ainda hoje é lembrado por todos, não importa se com humor, como algo sério e verdadeiro ou uma imagem negativa como aqueles que insistem em negar a existência extraterrestre abafando e criando obstáculos. A Associação Projeto Portal preparou um vídeo com o pesquisador Felipe Castelo Branco e inúmeros depoimentos daqueles que tiveram a satisfação de conversar de perto com o ET Bilu, um super humano que intriga e mexe com todos. Vamos conferir:

Artigo publicado em 2011-08-19 07:50:08.