Tremores na terra podem se intensificar

O trabalho considera que pode começar um ciclo de tremores de terra devastadores em todo o planeta A intensificação dos tremores de terra desde 2010 indica a manifestação de um novo ciclo de atividade sísmica com futuros tremores de terra devastadores, concluiu uma investigação publicada na quinta-feira (26 de janeiro) nos EUA, informou a agência de notícias AFP. Na Grécia nesta sexta-feira (27) ocorreu outro terremoto na Ilha de Creta, com 5,2 na escala Rochter a 18 metros de profundidade. Nessa região da Ilha de Creta costuma acontecer frequentes abalos sísmicos. Conforme estudos, na Grécia há uma zona ativa de subducção e por isso é propensa a terremtos. Naquele local há um vulcão que, segundo documentário do Discovery Channel, no passado uma grande erupção vulcânica dizimou muitas vidas e em posteriores esvcavações na região foram encontradas pedras pômis e cinzas. Também na no norte da Itália registrou-se um abalo sísmico nesta sexta-feira (27) na intensidade de 5.3 graus na escala Richter entre a regiáo de Parma e Apeninos e que foi sentido em Milão, Bolonha, Gênova e Firenze. Segundo os autores do estudo, citado pela agência AFP, como relata a agência Lusa, os arquivos históricos revelam uma atividade sísmica frequente nas Caraíbas nos últimos 500 anos, mais particularmente na ilha de Hispaniola, partilhada pelo Haiti e pela República Dominicana. Sismólogos apoiaram-se em numerosos relatos de destruições provocadas por diferentes tremores de terra para avaliar a sua intensidade, a sua situação  geográfica e amplitude e, assim, elaborar um modelo. Outro local que chama a atenção no […]

urandir ufo tremores podem se intensificar

Bilu explica o formato da terra

Conforme prometido há 60 dias, o ET Bilu reapareceu na noite do dia 11 de junho na Fazenda Portal, município de Corguinho/MS para fazer sua primeira revelação à humanidade, gravando a informação durante conversa com o presidente da Associação Projeto Portal, o pesquisador e ufólogo Urandir Fernandes de Oliveira que, com certeza, vai causar muita polêmica no que se refere ao formato e à geografia terrestre.     O ET Bilu afirma que a Terra não é redonda, muito menos uma batata ou geóide, mas convexa nas formas continentais, com os mares nivelados em toda a sua borda coberta de gelo. E mais: a geografia terrestre é diferente do modelo que conhecemos principalmente no que se refere à posição dos continentes. O que vemos em relação ao formato da Terra não passa de ilusão de ótica.     Assista ao vídeo e entenda a teoria do ET Bilu sobre a Terra. Você concorda com isso? Os pesquisadores do Projeto Portal, junto com outros cientistas da área, farão os testes propostos pelo ET Bilu e irão divulgá-los na medida em que os mesmos forem concluídos. Bilu voltará com novas informações, não só sobre o formato da Terra, mas sobre a origem do homem, sobre Jesus Cristo, sobre Deus – o Arquiteto do Universo e muito mais. Artigo publicado em 2011-06-29 23:26:00.


Urandir alerta que Tempestade solar é maior do que o esperado

Conforme já previsto pelos pesuisadores Urandir e grupo Projeto Portal, em referência aos acontecimentos previstos para a humanidade nos próximos anos, de acordo com informações trasnmitidas diretamente por seus parceiros. Uma forte tempestade solar, que parecia se dissipar, atingiu a Terra em cheio na noite de quinta-feira dia 8 de março de 2012, tornando-se o evento geomagnético mais importante desde 2004. A descarga de partículas solares causaram poucos incômodos na rede elétrica, mas obrigou algumas companhias aéreas a desviar rotas em torno dos pólos e gerou imagens impressionantes de aurora boreal em algumas partes do mundo. Inclusive a estação espacial internacional publicou através da NASA imagens de auroras boreais imensas ao redos dos polos. As interrupções de energia e problemas com os sistemas de navegação por satélite GPS, como eram esperados, naõ aconteceram. Porém o início da atividade solar intensa apenas está começandoe, segundo os pesquisadores se estenderá até 2014, se estendendo possivelmente até 2018 conforme informação dos estudiosos do Porjeto Portal Artigo publicado em 2012-03-18 15:18:25.

Projeto portal e urandir estudam atividade solar

Urandir ufo - eisenhower

Ex-Presidente dos EUA teve 3 encontros com extraterrestres, confirma acessor

Fonte: UOL O ex-presidente norte-americano Dwight D. Eisenhower teve encontros secretos com extraterrestres, segundo informou um dos ex-assessores do político americano, Timothy Good. Segundo ele, o ex-presidente teria se encontrado três vezes com seres de outro planeta, na base aérea do Novo México, em 1954, na presença de agentes do FBI. O encontro teria sido marcado por meio do envio de mensagens telepáticas, como informa o jornal britânico “Daily Mail”. Nota da Redação Projeto Portal: A cada dia que passa a verdade sobre a participação e a presença de inteligências de outros mundos na Terra aparece, mesmo que os governos, a ciência e as religiões e até uma parcela da população  insistam em negar. Parte da raça humana tem muito a ver com os extraterrestres, que visitam a Terra muito antes dela ser povoada. Os mais de 1.500 contatados do Projeto Portal são a prova de que esse diálogo é possível e com as 49 raças parceiras é saudável, visando ao progresso e a evolução positiva da humanidade. Timothy Good é ex-congressista e um dos consultores do Pentágono. Ele fez a revelação ao apresentador da BBC2, Frank Skinner, no programa Opinionated. No ar, ele deixou claro que autoridades em todo o mundo mantêm contato regular com extraterrestres há décadas. “Aliens têm feito contato formal e informal com os humanos em todo o mundo e em todas as esferas da vida”, completou ele. Eisenhower foi presidente dos EUA de 1953 a 1961 e era conhecido pela forte crença na vida em […]


Mancha Solar Provoca tempestades geomagnéticas na Terra

A atividade da mancha solar 1429 vem aumentando e nas últimas horas foram observados diversos flares e ejeções de massa coronal de grande intensidade. Durante a madrugada, partículas carregadas ejetadas da estrela atingiram o campo magnético da Terra, provocando tempestades geomagnéticas que atingiram o nível KP-6.  Esse impacto foi provocado pela ejeção de massa coronal (CME) ocorrida na manhã do dia 6 de março, próxima à gigantesca mancha solar 1429. Às 21h28 BRT de terça-feira, dia 6, outra CME ainda mais forte foi registrada na mesma região do Sol. O evento produziu um forte flare de classe X5, provocando um verdadeiro bombardeio de prótons que atingiu diretamente o satélite de observação solar SOHO. Essa emissão está nesse momento bombardeando o campo magnético da Terra e poderá provocar blecautes de radiopropagação e auroras boreais nas latitudes elevadas. Para percorrer os 149 milhões de km que separam a Terra do Sol, as partículas carregadas viajaram a cerca de 6 milhões de km por hora. Artigo publicado em 2012-03-09 01:51:14.

urandir ufo - atividade da mancha_solar_1429

Bilu o ET Brasileiro

O assunto extraterrestre ainda é considerado um mito. A Associação Projeto Portal há 15 anos tornou pública sua parceria com inteligências de outros mundos e o ponto alto dessa divulgação ocorreu há um ano, em outubro de 2010, quando emissoras de televisão fizeram reportagens na fazenda Projeto Portal sobre o ET Bilu, a maioria delas duvidando, questionando e ridicularizando aquilo que para cerca de 1.300 dos mais de três mil associados é uma realidade que também pode se tornar verdadeira para a população, faltando muito pouco para isso ocorrer. Parte da ciência e até as religiões se dedicam a estudar vida extraterrestre, mas preferem esconder os resultados desse trabalho da grande massa, negando a existência desse fato ou mantendo o assunto em banho-maria, divulgando eventualmente a existência de alguma partícula ET espalhada por aí afora. E aplicam-se recursos humanos e materiais para se encontrar um som, um indicativo ET, quando na verdade eles estão mais próximos dos humanos do que imaginamos. Aqueles que se dedicam à pesquisa ufológica são considerados utópicos, mentirosos ou aproveitadores, que se utilizam da crença popular para atingir seus objetivos, hipnotizando e sugestionando pessoas. Por causa disso são desqualificados e alguns setores da sociedade tentam abafar e ridicularizar essas pessoas que apesar dos percalços, prosseguem na atividade de pesquisa e divulgação. A quem interessa manter o assunto extraterreste encerrado a sete chaves, como se fosse um tabu? O cinema aproveita-se disso e cria roteiros de ficção científica onde os ETs ou são figuras monstruosas e terríveis […]


O Que As Pessoas Que Já Conversaram com Extraterrestres Tem Em Comum?

Existem alguns requisitos básicos para que uma pessoa possa se comunicar com seres de outros mundos. Todos que já conseguiram conversar com inteligenciais espaciais tem algumas coisas em comum. Possuem uma atividade cerebral bastante acentuada e controlada. São pessoas que tem na média 30 ciclos por segundo, por possuírem uma atividade cerebral bastante elevada, são muito agitadas, inquietas, fazem várias coisas ao mesmo tempo, tem um ritmo muito acelerado… são diferentes das pessoas tidas como comuns (aquelas que possuem uma atividade cerebral que varia em média 14 ciclos,hertz/segundo). Estas pessoas “comuns” não despertam interesse nas raças que vem nos visitar, pois elas possuem uma mente muito parada, são lerdas, acomodadas, submissas ao sistema e as leis criadas pelo homem (dogmas, pré conceitos, paradigmas). São facilmente influenciáveis e acreditam em tudo. Resumindo, são pessoas que não tem uma personalidade muito forte, não possuem uma vontade própria, não acreditam muito em si, não tem uma opinião formada sobre as coisas,  não são determinadas. Então por qual motivo as inteligencias de outros planetas teriam interesse em entrar em contato com elas? O que elas teriam para acrescentar para o restante da humanidade? Nada… só pensariam em si e seriam facilmente corrompidas na primeira oportunidade que surgisse. Já as pessoas que são mais aceleradas, mais ativas, são mais determinadas, mais ousadas, são destemidas, conseguem enxergar a realidade de uma forma diferente… não desistem até que o seu objetivo seja alcançado, não aceitam conceitos arcaicos que só aprisionam e geram uma venda mental em toda […]

urandir, urandir oliveira, ufo, ufologia, ovni, urandir fernandes, urandir fernandes de oliveira, conversar com extraterrestres, seres de outros planetas, inteligencias espaciais, seres

Urandir UFO - simetria-galactica

Afinal o universo tem um eixo central?

 Fonte: Redação do Site Inovação Tecnológica  Pesquisadores estão levantando dúvidas sobre a pressuposta simetria do Universo. Seus cálculos parecem sugerir que, no seu início, nosso Universo girava sobre um eixo central. E que esse movimento de rotação influenciou a formação das galáxias. Os físicos e astrônomos há muito tempo acreditam que o Universo tem uma simetria de espelho, como uma bola de basquete.A imagem espelhada de uma galáxia girando no sentido horário teria, obviamente, o sentido anti-horário de rotação. Mas se os astrônomos encontrarem um número maior de galáxias girando num sentido do que em outro, isto seria uma evidência de uma quebra de simetria, ou, no jargão da física, uma violação de paridade em escala cósmica. Nova pesquisa sugere que o formato do Big Bang pode ser mais complicado do que se pensa. Como há mais galáxias espirais girando em um sentido do que em outro, pode ser que o Universo tenha um eixo central de rotação Sentido de rotação das galáxias Para aferir isso, Michael Longo e uma equipe da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, catalogaram o sentido de rotação de dezenas de milhares de galáxias espirais fotografadas pelo projeto Sloan Digital Sky Survey, que faz a catalogação de galáxias e que recentemente divulgou a maior imagem já feita do Universo. E o grupo do Dr. Longo descobriu exatamente isso, que as galáxias têm uma “preferência” para girar em uma direção. Se todas as galáxias realmente girarem no mesmo sentido, para um observador no hemisfério norte da […]


Aquecimento Global Não Existe mas sim Mudanças Climáticas Previsíveis

Esqueça o aquecimento global – com o Ciclo solar 25 não precisa se preocupar (e se os cientistas da NASA estão certos o Tâmisa será de novo congelado) Um grande estudo, publicado em dezembro passado no Jornal de Física Atmosférica e Solar-Terrestrial mostra que as mudanças climáticas observadas desde 1850 até à data estão associados com cíclicos e previsíveis eventos naturais no sistema solar da Terra com a ajuda de uma pequena contribuição limitada do nosso lado. A pesquisa foi conduzida por Nicola Scafetta, um cientista da Universidade de Duke Cavity Radiometer atividade no Solar Lab Monitor (ACRIM), associado com o Jet Propulsion Laboratory da NASA, na Califórnia. Neste desafio de pesquisa as metodologias utilizadas pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas ( IPCC ) e o uso de um “modelo de circulação geral do clima”(GCM) que ignorar essas influências principais, não reproduzem o ciclo climático observado de dez anos e da multi-década. Conforme descrito no documento, os modelos do IPCC não incorporam os efeitos da modulação das mudanças climáticas, como as nuvens. As nuvens são formadas sob a influência de raios cósmicos durante os períodos de atividade solar baixa. Na verdade, é bem conhecido que as nuvens tendem a tornar as condições mais frias. Situação testemunhada pelo “mínimo de Maunder” do século 17.  Pelo menos 50-70% do aquecimento observado no 20° século  pode estar associado a um aumento na atividade solar. Em seu estudo, o Dr. Scafetta cobra uma base de modelo astronômico, que reconstrói e relaciona […]

Urandir ufo - aquecimento global grande farsa

Urandir UFO- Nações com poder nuclear

Bancos Financiam Armas Nucleares

A indústria mundial de armas nucleares é financiada e mantida viva por mais de 300 bancos, fundos de pensão, companhias de seguros e gestores de ativos, segundo um estudo divulgado pela Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (Ican). Estas instituições realizam substanciais investimentos na produção de armas atômicas. O estudo, de 180 páginas, diz que as nações com poderio nuclear gastam mais de US$ 100 bilhões ao ano fabricando novas ogivas, modernizando as velhas e construindo mísseis balísticos, bombardeiros e submarinos para lançá-las. Grande parte deste trabalho é feito por corporações como BAE Systems e Babcock International, na Grã-Bretanha, Lockheed Martin e Northrop Grumman, nos Estados Unidos, Thales e Safran, na França, e Larsen & Toubro, na Índia. “Instituições financeiras investem nestas companhias fornecendo empréstimos e comprando ações e bônus”, afirma o documento, considerado o primeiro de seu tipo. Com o título Dont Bank on the Bomb: The Global Financing of Nuclear Weapons Producers (Não confiem na bomba: o financiamento mundial dos produtores de armas nucleares), o estudo fornece detalhes das transações financeiras com 20 empresas intensamente envolvidas na fabricação, manutenção e modernização das forças atômicas norte-americanas, britânicas, francesas e indianas. É necessária uma urgente campanha coordenada mundial pelo desinvestimento em armas nucleares, destaca o informe. Um movimento assim poderia ajudar a frear os programas de modernização e fortalecimento de armamentos e impulsionar as negociações para uma proibição universal desse tipo de bombas. “Deixar de investir nas companhias de armas nucleares é uma forma efetiva de o mundo corporativo […]


Expedição Equipe Zigurats – Peru Bolívia

A 5ª Expedição Brasil – Equipe Zigurats do Projeto Portal realizou pesquisa sobre as culturas dos países andinos durante nove dias no Peru e Bolívia, no período de 20 a 28 de setembro de 2011, com muito sucesso e atingindo seu objetivo, que foi traçar um paralelo entre essas civilizações em relação ao início da presença do homem na Terra e a interferência de outas inteligências neste processo. O estudo sobre o legado da legendária figura andina de Viracocha e seus auxiliares revelou surpresas no que se refere a referências sobre a participação de inteligências com conhecimentos superiores ao humano nas culturas pré-incas e incas, bem como indicou a participação de mulheres com conhecimento superior nestas mesmas civilizações, mostrando inclusive a existência de matriarcados. Além disso, os pesquisadores puderam conferir o uso de tecnologias antissísmicas nas ruínas dos  prédios de diferentes tipos de arquitetura nos sítios arqueológicos visitados, tanto nas culturas pré-incas como na dos incas, bem como formas de governo, ensino, agricultura com o cultivo e armazenamento de alimentos em terraços escalonados (se olhar pela vertical toma a forma de zigurats) nas montanhas, o que propiciava o equilíbrio do micro clima, saúde, etc. Outro fato marcante foi o mistério do transporte e o corte preciso nas enormes pedras colocadas em caminhos estreitos de montanhas altíssimas. Embora não ocorra uma chuva tropical há cem anos em algumas regiões do Peru, ocasionando desertos em várias áreas do país e desde 1970 não caia nenhuma chuva na região metropolitana de Lima, a […]


Urandir UFO - Em busca de partícula de Deus - cern

Cientista Busca a Partícula de Deus

 Fonte: Jamil Chade, de O Estado de S. Paulo GENEBRA – Apesar dos avanços na pesquisa científica, ainda conhecemos uma fração do funcionamento do universo. O alerta é do italiano Guido Tonelli, um dos dois líderes do projeto Compact Muon Solenoid (CMS), do Cern, que busca o bóson de Higgs e envolve 3 mil cientistas. O forte candidato ao Nobel, espera encontrar o elo perdido da física em um ano Nota da Redação do Projeto Portal: Como se sabe, e como já disse o ET Bilu, a nossa ciência, apesar de todo o avanço e toda a pesquisa, ainda desconhece as leis universais e tropeça em alguns parâmetros. O ET Bilu, ao revelar a teoria da Terra Convexa em seus continentes e nivelada nas águas, já disse, por exemplo,  que a Lei da Gravidade possui fatores que ainda não são conhecidos pela ciência da Terra e assim diversas outras questões do conhecimento humano, que ainda serão relevadas ou conhecidas pelo homem. O quebra-cabeça é gigantesco em todos os setores e esbarra em preconceitos, paradigmas e desafios ao nosso conhecimentoe. Toda a pesquisa que vise ampliar os horizontes é válida porque, como disse o cientista Guido Tonelli, “a vantagem de ser cientista é que sabemos o tamanho da ignorância da humanidade. Se encontrarmos o bóson de Higgs um dia, teremos desvendado apenas 4% do universo.” O CMS é uma câmera de 12,5 mil toneladas que tira fotos – com definição de 100 milhões de pixels – de choques de prótons que percorrem […]


NASA: Telescópio Fermi encontra estrutura gigantesca em nossa galáxia

 Fonte: NASA Goddard Space Flight Center As recém descobertas  bolhas de raios gama se estendem por 50.000 anos-luz, ou aproximadamente metade do diâmetro da Via Láctea, de ponta a ponta. As bordas das bolhas foram primeiramente observadas em raios-X (azul) pelo satélite ROSAT, que caiu na superfície da Terra em 24 de setembro de 2011, uma missão operacional liderada pela Alemanha na década de 1990. Os raios  gamas foram  mapeadas pelo telescópio Fermi (na cor magenta)  se estendem muito além do plano da galáxia. A estrutura gigante dos raios-gama  foi descoberta por meio do processamento do Telescópio Fermi todo o céu da galáxia. A gigantesca bolha tem 1-10 bilhões de elétron volts. A estrutura emerge do centro galáctico e se estende a 50 graus norte e sul a partir do plano da Via Láctea, que mede o céu da constelação de Virgem à constelação de Grus. Quando um elétron se move perto da velocidade da luz  e atinge um fóton de baixa energia, a colisão diminui um pouco o elétron e aumenta a energia do fóton para o regime de raios gama. As bolhas exibem um espectro com energias mais altas do que o brilho de pico de raios gama difusos visto em todo o céu. Além disso, as bolhas mostram bordas afiadas em dados Fermi LAT. Ambas estas qualidades sugerem que a estrutura surgiu em um evento súbito e impulsivo, com um pulsar da galáxia. “O que vemos são dois raios gama emissores de bolhas que se estendem  a […]

Urandir UFO - raios gama detectados pelo telescopio Fermi

Urandir Expedicao Franca  Castelo de Chambord

Pesquisa de Urandir no Castelo de Chambord – França

Já se preparando para a próxima expedição para a França, Urandir Fernandes de Oliveira (UFO) revela algumas informações a respeito da pesquisa realizada no Castelo de Chambord, efetuada durante a primeira expedição da Equipe Zigurats na França, no ano de 2010. Os detalhes marcantes da pesquisa foram as inscrições nas paredes do castelo. Essas inscrições, que a princípio ficam desapercebidas ou sem importância para quem visita o Castelo, pois sua imponência e grandeza desviam a atenção, eram o foco da pesquisa, que catalou todas inscrições relevantes. Concatenando as formas geométricas de algumas, principalmente as mais antigas em alguns recintos do Castelo, percebeu-se uma semelhança com simbologias conhecidas e já catalogadas pelo grupo de pesquisadores do Projeto Portal e Equipe Zigurats em várias outras localidades do planeta, tendo sido feitas em diferentes eras e por diferentes civilizações.  Muitos símbolos coincidiram com encontrados por exemplo no Vaticano e inclusive em alguns lugares de civilizações milenares na América Latina. O Castelo de Chambord é um dos mais conhecidos castelos em todo o mundo em função da sua arquitetura renascentista francesa, combinada com as formas medievais da França e estruturas clássicas da Itália. O palácio é composto de uma fortaleza central equatro torres nos cantos. Contém 440 salas, 365 lareiras e 84 escadarias. O foco da primeira expedição era percorrer os caminhos de Joana D´Arc. Já a segunda expedição programada para abril de 2012, terá como foco os pontos chave onde a lendária figura bíblica Maria Madalena cruzou. Artigo publicado em 2012-03-23 17:36:00.


Raios Cósmicos podem ter afetado a nave Phobos-Grunt(apolo11.com)

Fonte: Apolo 11 A agência espacial russa, Roscosmos, confirmou que a perda da nave interplanetária Phobos-Grunt ocorreu devido a uma pane em um dos computadores de bordo. Agência também descartou a hipótese de sabotagem ou sobrecarga causada por sinais de radares norte-americanos. As informações foram divulgadas na terça-feira, dia 31, pelo diretor da Roscosmos, Vladimir Popovikin, que também descartou as versões divulgadas extraoficialmente por analistas russos, que sustentavam que a nave havia sido atingida por pulsos de radar. As declarações de Popovkin jogam por terra as versões que circularam nos meios de comunicação e que levantaram a suspeita de que a falha havia sido causada por emissões de radares de vigilância norte-americanos localizados nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico. Segundo um militar russo, a sonda teria sido atingida por poderosos pulsos eletromagnéticos emitidos por esses radares alguns minutos depois de ser lançada. No entanto, cálculos orbitais feitos pelo Apolo11-Satview descartavam essa possibilidade, já que naquele dia sonda não estava ao alcance dos radares mencionados. Raios Cósmicos De acordo com Popovkin, a causa mais provável da falha foi um intenso bombardeio de partículas pesadas proveniente do espaço cósmico. “Ao que tudo indica, dois módulos computadorizados reiniciaram e ficaram em stand-by à espera de ordens, mas algumas falhas impediram que a nave obedecesse essas ordens”. Popovkin não disse como os investigadores chegaram a essa conclusão, mas provavelmente se basearam nos blocos de dados de telemetria que foram recebidos pela Agência Espacial Europeia, ESA, durante as tentativas de contato. A autoridade também não […]

Urandir UFO - phobos_grunt_em_terra